O cineasta Cacá Dieguez com os premiados de 'Como Nossos Pais', no Festival de Gramado/ Foto: Agnews

Laís Bodanzky, diretora de ‘Como Nossos Pais’, só tem o que comemorar. Seu longa, com roteiro dela e Luiz Bolognesi, levou nada menos do que seis Kikitos, entre os 16 prêmios previstos para longas-metragens nacionais, no 45º Festival de Cinema de Gramado, neste sábado, 26, na Serra Gaúcha. Além de melhor filme e direção, Maria Ribeiro recebeu prêmio de melhor atriz; Paulo Vilhena o de melhor ator; Clarisse Abujamra o de atriz coadjuvante e Rodrigo Menecucci o de montagem.

Alguns prêmios foram entregues por Paulo Betti, Bárbara Paz, Cacá Dieguez e Murilo Rosa.

Também foram agraciados, Nando Cunha, como melhor ator de curta-metragem por ‘Telentrega’; Marco Ricca como melhor ator coadjuvante  por ‘As Duas Irenes’; Fábio Meira, melhor roteiro por ‘As Duas Irenes’; Fabrício Tadeu, melhor fotografia por ‘O Matador’;  Ed Côrtes melhor trilha musical por ‘O Matador’; Fernanda Carlucci, melhor direção de arte por ‘As Duas Irenes’; melhor direção de arte para Augusto Stern e Fernando Efron, por ‘Bio’, de Carlos Gerbase, que também foi eleito melhor filme pelo Júri Popular e levou o prêmio especial do júri pela direção dos 39 atores e atrizes; ‘As Duas Irenes’, de Fabio Meira, o de melhor filme do Júri da Crítica e Paulo Betti e Eliane Giardini receberam o Prêmio Especial do JúriTroféu Cidade de Gramado, pela contribuição à arte dramática no teatro, TV e cinema brasileiros.

Deixe um Comentário