Geraldo (Alexandre Nero) e Maria Teresa (Fernanda Torres)/ Foto: Tata Barreto/ Globo

Geraldo Bulhosa (Alexandre Nero) não esconde a ansiedade pela primeira festa do Divino depois da Independência do Brasil, no episódio de ‘Filhos da Pátria’ da próxima terça-feira, dia 5, depois do ‘The Voice Brasil’, na Globo. Tudo porque Geraldo é o responsável por supervisionar as obras de infraestrutura para que o evento saia na mais perfeita ordem. Porém, toda a verba que destinou para as reformas sofreu uma ‘alteração de curso’ quando passou pelas mãos de Pacheco (Matheus Nachtergaele), e, agora, tudo parece caótico para receber a festa mais esperada do ano.

Pacheco (Matheus Nachtergaele) e Geraldo (Alexandre Nero)/ Foto: Tata Barreto/ Globo
Pacheco (Matheus Nachtergaele) e Geraldo (Alexandre Nero)/ Foto: Tata Barreto/ Globo

Maria Teresa (Fernanda Torres) não quer ser só mais uma dama na multidão. Ela faz questão de ser a porta-bandeira da pomba do Divino, que abre o desfile, e resolve se fazer de generosa e doar uma farta quantia para Padre Toledo (Marcos Caruso) lhe garantir a posição de destaque. A confiança é tanta que ela até começa a ensaiar em casa os passos do desfile. Também procura um modelito à altura. Compra um vestido ‘Roquefort’ e nem imagina que quem idealizou e costurou a peça foi a filha, Catarina (Lara Tremouroux), e está vendendo no brechó por trás de um codinome.

Padre Toledo (Marcos Caruso)/ Foto: Tata Barreto/ Globo
Padre Toledo (Marcos Caruso)/ Foto: Tata Barreto/ Globo

Por conta da festa do Divino, Pacheco, Padre Toledo, Neiva (Ranieri Gonzalez) e Matoso (Adriano Garib) comemoram a arrecadação recorde de dinheiro enquanto pensam em um nome para indicar na eleição da primeira constituinte do Brasil. O melhor ‘testa de ferro’ está justamente debaixo do nariz deles: Geraldinho (Johnny Massaro), que acompanha cada passo da quadrilha, sem sequer desconfiar do que está acontecendo.

Geraldinho (Johnny Massaro)/ Foto: Tata Barreto/ Globo
Geraldinho (Johnny Massaro)/ Foto: Tata Barreto/ Globo

O primogênito da família Bulhosa confia piamente em seu talento para deputado, apesar de nem saber quais serão suas possíveis atribuições. Sai pela rua buscando eleitores quando esbarra com Geraldo. O embate entre pai e filho reaviva um confronto antigo, que também aconteceu na festa do Divino. Quando criança, Geraldinho queria ser coroado Imperador do Divino, mas ninguém nunca acreditou no seu potencial. Agora, ele toma coragem para roubar o posto de um menino de oito anos e comprovar para a sociedade que pode conquistar tudo o que quiser.

A série tem criação e redação final de Bruno Mazzeo, direção artística de Mauricio Farias e direção de Mauricio Farias e Joana Jabace.

Deixe um Comentário